As leis da existência

As leis da existência

O homem nasce com todo o potencial para construir uma vida preciosa para si mesmo. Porém, ao ceder aos seus desejos egoístas e ódios, ele próprio cria uma prisão de miséria da qual não tem como escapar até que perceba a VERDADE da EXISTÊNCIA.

Todos os problemas de uma existência difícil se encontram nos processos mentais do próprio homem! Foram somente as “formas de consciência” das pessoas, seus pensamentos, palavras, sentimentos e ações, que criaram uma densa barreira entre sua consciência e a Consciência Criativa Universal, que interpenetra o universo em cada folha, árvore, inseto, animal e ser humano.

As LEIS DA EXISTÊNCIA controlam a capacidade humana para criar novas circunstâncias e ambientes, relações, realizações ou fracassos, prosperidade ou pobreza.

Tudo aquilo que o homem profundamente ACREDITA ser, bom ou mau, naquilo se tornará.

Tudo aquilo que TEME que os outros lhe façam, assim eles farão.

Tudo aquilo que ESPERA que os outros lhe façam, primeiro deve fazer a eles, uma vez que assim estará criando um “padrão de consciência” que voltará para abençoá-lo na medida em que tenha abençoado os outros.

Será vítima da doença que o APAVORA, por criar um “padrão de consciência” da coisa que menos quer experimentar.

Tudo aquilo que emana da mente e do coração do homem retorna a ele em seu devido tempo, de uma forma ou de outra; lembre-se de que toda coisa sempre gera o seu igual... Pensamentos fortemente emocionais são “sementes de consciência” plantadas em seu próprio campo de consciência. Estas crescerão, dando uma colheita semelhante à semeadura.

Estes são os frutos do livre-arbítrio.

Não há escapatória para o que o homem pensa, diz ou faz – pois ele nasce do poder da Consciência Criativa Divina, e cria com aquilo que imagina.

Aqueles que anseiam pelo bem para si mesmos devem primeiro concedê-lo aos outros. Deixe que a sua própria existência seja uma bênção para os demais.

Quando essas pessoas estão em harmonia com todos os outros, então elas estão perfeitamente sintonizadas com o poder da Consciência Criativa Universal, e são trazidas para o fluxo da “natureza” do Pai, que é crescimento, proteção, nutrição (física, mental e espiritual), cura e satisfação das necessidades dentro de um sistema de lei e ordem.

"Deixe que a sua própria existência seja uma bênção para os demais."

- Trecho do livro Cartas de Cristo: A Consciência Crística Manifestada.
BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS